Um ano e as tentativas de andar

É assim que meus príncipes estão por aqui, tentando andar a todo custo! hehehehehe….

Engatinham pela casa toda, pegam todos (TODOS!) os objetos que vêem pela frente, abrem e fecham as gavetas (meu coração fica apertadinho, e se apertarem os dedos?!?!), mas estão focados mesmo em andar. Apoiam em todas as cadeiras, no sofá, na cama e nas paredes, já ficam em pé mas ainda estão inseguros quando vão tentar dar os primeiros passos. Tenho sentido uma certa frustração deles por não conseguirem e também sinto que estão um pouco mais agitados com essas tentativas, atrapalhando um pouco o soninho do dia, demoram mais para dormir porque estão agitados querendo a todo custo dar os primeiros passinhos…

Sei que minha função é encorajá-los e estimulá-los e assim sigo por aqui! É bem puxado fazer isso com dois, apoia um cai o outro e assim vai o dia inteiro… kkkkkkkk… Quero que sintam seguros e amparados por mim, então, me desdobro por aqui para conseguir apoiá-los!

O Murilo está apoiando em objetos e andando o dia todo!

IMG_2851

O Heitor fica em pé sozinho, mas ainda não consegue dar os primeiros passos sem que seja segurando na minha mão!

IMG_2844

Tem algumas dica importantes que fazem a diferença também:

– Me informei bastante sobre os andadores e resolvi cortá-los por aqui! Parece que aquele objeto que parece seguro, pois os bebê está amparado dos lados, na verdade, atrapalha no desenvolvimento dos músculos superiores das pernas e a habilidade do bebê se equilibrar.

– Uma coisa que já fiz por aqui também foi ensiná-los a levantar sem apoio. O Heitor tem feito com mais frequência, mas os dois já aprenderam!

– Os andadores foram banidos, porém, os brinquedos de empurrar são ótimos para incentivá-los de acordo com os especialistas, e isso já trataram de ganhar da Titia e madrinha Débora! Desde que ganharam simplesmente não largam o brinquedo!

IMG_2849 IMG_2848

– Para a criança, o bom mesmo é que as tentativas sejam descalças! Quando estão descalços, os pés recebem mais estímulos do que no uso de um tênis.

– E por último e o mais difícil: as quedas são inevitáveis! É bom ficarmos atentos, mas estou aprendendo que isso é inevitável e sofrido menos com alguns tombinhos… Opa, peguei um tombinho aí, olha só:

IMG_2839

Gostaram? Então comenta aí, é muito importante pra mim!

Beijos amores, 
Bárbara

Anúncios

4 comentários sobre “Um ano e as tentativas de andar

  1. O meu filho com 1 ano e 2 meses, ainda ta com medo de andar, para em pé sozinho mas não da nem um passo sem apoio, parece até preguiça rsrsrsrs, mas tudo ao seu tempo. Adorei a matéria. Parabéns.

    Curtir

  2. Aiii q bom!! Eu dei com o maior amor mundo!!fiquei muito feliz de ser tao útil… Eu to lendo e aprendendo… Afinal depois q virei mamãe nada mais inspirador do que ler seus post, conversar, me abrir e aprender com VC! Simplesmente uma mãezona admirável… Amo vcs… E quero ver meus afilhados logo!!!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s