Viajando sem os filhos, será?

Olá genteeee… Que saudade! Desculpem o tempo que fiquei longe… Fiquei meio que offline por duas semanas (apesar de algumas fotinhas postadas nas redes sociais) fiquei bem desligada do mundo virtual pra viver intensamente o mundo real, só descansando e no #projetooqelagosta #coisanovatododia (quem não leu, clique aqui: https://oqelagosta.wordpress.com/2015/04/14/saindo-da-rotina-para-rejuvenescer-a-primeira-vez-que/).

Bom, então para quem me acompanha nas redes sociais sabe que meu marido tirou férias e resolvemos fazer as malas e viajar SEM OS FILHOS! Decisão difícil, difícil, dificilimaaaaa!!!!!

Quem é mãe sabe que depois que os filhos nascem a gente muda, o mundo vira de cabeça pra baixo e ficamos focadas no dia-a-dia deles (e futuro também!), mas acho que me praparei pra esse momento desde que os gêmeos nasceram, meu marido sempre falava que um dia faríamos isso e fizemos!

Não vou mentir e fingir que foi tudo tranquilo… Mudamos até o destino da viagem (que inicialmente seria California – Los Angeles, São Francisco e um pulinho em Las Vegas), mas gente, fiz e refiz o roteiro, teriam que ser pelo menos 12 dias inteiros longe deles, ai não dá!!!!!! Então resolvemos ir para Nova York com duração de 7 dias, porque assim ficaria menos tempo longe deles… Os dias antes da viagem foram um pouco mais complicados, eu já sentia saudade e eles ainda ficaram resfriadinhos, mas no dia da viagem acordaram bem e assim fiquei mais tranquila, graças a Deus!!!

Foram dias maravilhosos que ainda vou compartilhar com vocês (restaurantes – onde comer?, passeios, comprinhas e dicas tudo vai entrar aqui no blog O MAIS RÁPIDO POSSÍVEL – tem até vlogs que gravei lá….) e se me perguntarem: Valeu a pena? A resposta com certeza será: SIM!!!

Morando longe de todos (familiares), nem escapadinhas para um cinema ou restaurantes nós conseguimos dar, e isso é importante para o casal! Minha mãe conversou muito comigo sobre isso e foi a pessoa que mais me ajudou, sempre dizendo que somos a base da nossa família (eu e William) e que se estamos bem os meninos também estão, defendendo a ideia de que os filhos ficam ainda mais próximos dos pais quando a união entre eles é forte e saudável!

Essa viagem realmente fez muito bem pra nós, andamos muitoooo a pé e de metrô, não planejamos muito nossos dias, nem alimentação, fomos descobrindo NY e esse é o melhor de viajar a dois, poder fazer um roteiro mais solto, com mais improvisos e menos planejamentos.

foto NY- 1 POST2

Para os meninos, que ficaram com minha mãe (a maior parte do tempo, passaram um dia na casa da minha sogra) organizei tudo direitinho – roteiros de sono, alimentação e até brincadeiras. Sei que minha mãe daria conta do recado fácil (afinal foi uma ótima mãe!), mas a rotina deles é aqui em casa, comigo, então para que eles não sofressem com a distância fiz essa listinha de rotinas, assim se sentiriam mais a vontade e eu também é lógico! E não valeu a pena só pra mim e para meu marido, quando cheguei percebi o quanto isso foi bom pra eles também. Minha mãe manteve a rotina deles e assim eles se sentiram mais seguros, resultado: não choraram, não sofreram, só aproveitaram esse momento na casa da avó!

Sei que cada mãe tem seu jeito, tenho amigas que ficaram assustadas, pois nunca viajaram sem os filhos e pelo jeito que disseram nunca viajariam, mas também algumas amigas foram excelentes, me incentivaram e disseram que isso faria muito bem (porque já tinham feito isso -deixando os filhos com a avó- e sabiam o quanto era bom!). Respeito muito a opinião de cada uma, mas se fosse pra dar uma dica seria: “Tenham essa experiência, não pense que por isso seremos péssimas mães, nem que vamos ser esquecidas por eles e muito menos trocadas por ninguém. Acredite!” Ouvir o Heitor e o Murilo dizendo: “mamã” quando chegamos foi maravilhoso e depois ainda tivemos uma semana maravilhosa, com piquenique e muitos passeios em família!

Piquinque família

Aproveitem bastante seus filhos e sua vida, passa tudo tão rápido e siga no #projetooqelagosta fazendo uma #coisanovatododia. Sigo firme no projeto e está me fazendo muitoooo bem!

foto NY- 1 POST

Enfim, estava com saudades e estou feliz em dividir isso com vocês, principalmente para as mamães que sofrem com esse momento de se distanciar dos filhos.

Beijos,
Bárbara

Anúncios